Fone sem fio já era, promessa agora é ouvir o som direto no cérebro

João Paulo Vicente – TILT/UOL

Há uma promessa no ar para a última sexta-feira de agosto. No dia 28, Elon Musk garantiu que vai anunciar avanços relevantes na Neuralink, a companhia criada por ele que pretende conectar o cérebro humano a computadores de forma nunca antes vista. O teor dos avanços ainda é um mistério, mas no fim de julho Musk sugeriu um uso inusitado: fazer streaming de música direto para o pensamento.

No meio do caminho, em teoria seria possível eliminar a etapa acústica da transmissão de sons e enviá-los direto para serem interpretados pelo cérebro via estimulação elétrica. O resultado disso, no entanto, é imprevisível. Quem explica esse caminho é a pesquisadora Katarina Leão, chefe do Laboratório de Audição e Atividade Neuronal do ICe. Leia mais.

Deixe uma resposta