Pesquisa do Instituto do Cérebro da UFRN detalha “o sono do polvo”

TRIBUNA DO NORTE

Assim como os mamíferos, pássaros e répteis, os polvos também dormem. Essa é a conclusão de novo estudo de pesquisadores do Instituto do Cérebro da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (ICe/UFRN). Segundo a pesquisa, publicada na iScience, os polvos têm dois principais estados alternados de sono, muito parecidos com os estados REM e não-REM observados nas pessoas. Embora ninguém saiba com certeza, as descobertas levam os pesquisadores a sugerir que é possível que os polvos possam até experimentar algo semelhante aos sonhos.

LEIA AQUI

Deixe um comentário