ICe discute atuação do pesquisador negro nas Neurociências

Marcelha Pereira – Sala de Ciência UFRN

O Seminários em Neurociências desta semana traz palestra sobre a Black in Neuro Week 2020 (BiN Week). Em meio às discussões sobre raça nos EUA e no mundo, a iniciativa de diversidade, equidade e inclusão propagou a conexão entre pesquisadores negros para falarem sobre os desafios de quem trabalha na aréa da neurociência. A transmissão contará com as apresentações de dois organizadores da BiN Week, Lietsel Richardson e Thiago Arzua, nesta sexta-feira, 8, às 10h50, no canal do YouTube do Instituto do Cérebro (ICe) da UFRN.

Na conversa, Lietsel Richardson e Thiago Arzua falarão como tudo começou e qual é o futuro da organização. Lietsel é Engenheira Biomédica e, atualmente, faz doutorado em Engenharia Mecânica na University of Central Florida. Já Thiago é o neurocientista brasileiro da Black in Neuro e está fazendo doutorado em desenvolvimento cerebral na Medical College of Wisconsin.Organizada por 22 alunos de graduação, pós-doutorandos e profissionais de todo o mundo, a Black in Neuro Week 2020 nasceu de uma discussão no Twitter em julho de 2020. Em apenas três semanas, a iniciativa lançou um site, ultrapassou 10 mil seguidores nas redes sociais (Twitter e Instagram) e construiu um banco de dados de mais de 300 acadêmicos. Além disso, garantiu milhares de dólares em patrocínios e organizou uma dúzia de eventos ao vivo.

Deixe uma resposta