Laboratório de Plasticidade de Circuitos Neurais

  • Nosso laboratório investiga mecanismos de plasticidade sináptica e atividade oscilatória em circuitos límbico-corticais necessários para a execução de comportamentos cognitivos, emocionals e sociais. Neurônios localizados no córtex préfrontal, hipocampo ventral, tálamo e prosencéfalo basal fazem parte de circuitos neurais recrutados nestes comportamentos. Evidências indicam que disfunções nestes circuitos formam a base de comportamentos aberrantes observados em desordens neurológicas e psiquiátricas como epilepsia e autismo. Nosso laboratório está particularmente interessado em compreender como o acoplamento oscilatório entre o hipocampo e o córtex préfrontal se correlaciona com mecanismos de plasticidade sináptica como potenciação de longa duração (LTP) e depressão de longa duração (LTD). Além disso também nos interessa entender como a circuitaria inibitória GABAérgica local no córtex afeta este processo. Outros interesses são investigar (1) como circuitos epilépticos aumentam a vulnerabilidade para o desenvolvimento de sintomas psiquiátricos e (2) quais são os circuitos neurais afetados no autismo. Para abordar estas questões nosso laboratório utiliza de técnicas eletrofisiológicas de registros de multi-eletrodos, registros de emissões de ultrassom, registros de potenciais evocados em regiões corticais e subcorticais em modelos animais de autismo e epilepsia. Nossas análises se concentram em avaliar padrões oscilatórios dos potenciais de campo, atividade unitária neuronal, respostas extracellulares corticais associando com comportamentos locomotores, sociais e de emissões ultrassom. Outras estratégias em andamento incluem análise de neurônios GABAérgicos corticais, expressão gênica utilizando RNAseq e implementação de closed-loop para registro e estimulação eletrofisiológica. Abordagem optogenética se encontra em implantação.


    Chefes de laboratório

    Pós-doutorandos

    Doutorandos

    Mestrandos

    Estudantes de graduação